segunda-feira, 8 de junho de 2015


A Fé!




    A fé não é palavra que não tenha vida. A fé é sintonia. Sintonia com pensamentos, sentimentos, sensações e convicções. A mais pura lógica é envolta por sentimentos, pela fé em algo, ou alguém, que te dê segurança. A fé é ensinamento de que sua certeza basta. A fé é a muralha que segura o medo. A lâmpada que, com sua luz, afasta os demônios que fertilizam pensamentos de dúvidas. A fé é antídoto contra males que os olhos não vêem, mas, se vier o dia em que os olhos enxerguem projetados os males deste mundo, então, esta lâmpada se tornará uma chama ardente e consumirá os efeitos desses males. Porque é tão forte? Porque a Fé é parte da alma humana e a alma humana não se subjuga. A alma humana é cavalo arredio sem sela e a fé é seu fôlego. Ter fé é inerente a todos. Por isso, não se desespere, pois tenha fé de que tudo passa. A fé aguenta! Abrace-a.

Patrick Raymundo de Moraes
Papos que Ficaram na Memória- Rio de Janeiro- 2012. 
Quártica Editora- Litteris- ISBN: 978-85-62685-98-9