Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto 24, 2014

Comipo- Humor II

Não tenho tido tempo para criar quadrinhos e me falta inspiração, por isso, estou colocando quadrinhos antigos, feitos ano passado, para cobrir estas atualizações. Acredito que seja melhor do que deixar o dia sem nada. Espero que entendam e me desculpem por isso. Novamente, um quadrinho realizado com o Comipo! Sobre o quadrinho, acredito que seja a conta de luz mais cara da história! Será? 



Médicos Sem Fronteiras

Médicos Sem Fronteiras




Ao estender a mão para alguém, Que seja com a palma aberta, Oferecendo-a em sinal de paz. Este é meu alerta! Que não haja dor, que não haja sofrimento a ninguém.

Se porventura a dor surgir, E não houver a quem pedir, Tenha certeza de ajudar, A quem pode o socorro levar,

Médicos que estão na linha de frente, Ajudando todas as pessoas, principalmente o doente, Indo levar recurso, Afastando o sofrimento de seu normal decurso.

Ajude o Médicos Sem Fronteiras, Eles vencem todas as barreiras, Para quem necessita ajudar, Esta esperança, este amar!

Médicos Sem Fronteiras





This Game e sua mensagem!

This Game é apaixonante!




Uma coisa me chocou em “Cavaleiros do Zodíaco- Prólogo do Céu”. Athena admitindo para Apolo que talvez a humanidade merecesse ser castigada. Chocou-me, porque parecia que muitos roteiristas japoneses estavam abandonando a visão otimista, para abraçar uma visão sombria da humanidade. Muitos trabalhos nesse sentido foram lançados no Japão. Alguns até conseguiram boa representação e retorno de crítica e público. E isso me deixou infeliz. Na temporada passada, tivemos dois trabalhos opostos: “Black Bullet” e sua cruel realidade e “No Game, No Life”. Maravilhei-me imensamente com a mensagem de “No Game, No Life”. A humanidade merece ser salva, pois existe a possibilidade de uma pessoa se sobressair. Acreditar e amar a humanidade é acreditar e amar a possibilidade de evolução. No meio de uma história ecchi e cômica existia uma mensagem verdadeira. Abraçar a humanidade é acreditar em Gandhi, Chico Xavier, Jesus, Buda, Einstein, Da Vinci, Mozart, Sartre, Bach, e em n…

KickStarter- Under The Dog

Under the Dog


Projeto da CIA-  Creative Intelligence Arts, Inc. é mais uma produção japonesa a lançar uma campanha de financiamento coletivo através do Kickstarter. O projeto visa receber 500 mil dólares para a elaboração de um filme e se aproxima do seu objetivo diariamente. O roteiro é assinado por Jiro Ishii e foi escrito em 1997. O autor é conhecido por novels e roteiros de games como Professor Layton. Seu trabalho mais famoso foi a novel “428: In a Blockaded Shibuya” sendo uma história percursora de Canaan (convertida em animação em 2009). O trabalho de direção está a cargo de Masahiro Ando, que foi diretor de Hanasaku Iroha, Blast of Tempest e Canaan.


A História- Under The Dog




A história se situa no ano de 2025, na cidade de Tóquio, cinco anos após a devastação provocada por um grupo de terroristas nos Jogos Olímpicos de Verão de 2020. Na cronologia da história, a ONU forma um grupo secreto especial, com sede na baía de Tóquio, para buscar e eliminar as forças responsáveis ​​pe…

Desafio do Balde de Gelo

Um vídeo para vocês!



O Desafio do Balde de Gelo visa divulgar uma ação humanitária e colaborar com a ALS Association. A Amyotrophic lateral sclerosis (ALS) Association incentiva a pesquisa e ajuda enfermos e familiares e este desafio ajuda a promover esta instituição e outras organizações que combatem esta doença. Para saber mais:
ALS

OU

ABRELA

Vídeo: O Rei (Poesia Gótica)

Descrição que deixei no youtube e que servirá para esta página também!
Publicado em 12/08/2014
A poesia gótica visa o uso de versos para fomentar o medo através de elementos sobrenaturais, ou elementos que fogem do controle humano. Elementos como as trevas, a noite e a morte fazem parte de sua construção. Esta poesia (O Rei) tenta retratar essa construção. A poesia gótica também tem a finalidade de ser um contraponto ao racionalismo. A poesia deste vídeo já foi colocada aqui. Ao copiar e colar no vídeo, acredito que o melhor teria sido retirar a pontuação e deixar a leitura mais livre, entretanto, não o fiz!