quarta-feira, 30 de julho de 2014

Sobrenatural




Entre o natural e o sobrenatural existe um caminho tênue e real!
Mas a realidade engana e descrimina.
Ao olhar do homem incrédulo, o sobrenatural torna-se banal;
Ao olhar crédulo, o sobrenatural revela-se, seus mistérios descortina.


Ao olhar do escritor, é mais uma fonte da qual beber;
Ao olhar do racional, é mais uma fonte de saber;
Ao olhar curioso, é algo para se perceber;
Ao olhar supersticioso, é algo a se temer.


O sobrenatural não se limita com o natural;
Complementa-o com razão sem igual;
Ao natural torna-se irmão;
Uma fonte de imensa paixão.


Este é o caminho que os diferencia. O verdadeiro ouro;
O olhar que os contempla;
Um caminho escolhido pela mente que deles se alimenta;
O olhar que transforma um em outro.