segunda-feira, 7 de abril de 2014

Vencedores do Brazil Manga Awards 2014


 Durante o evento Henshin+, que ocorreu na Livraria Saraiva (SP), em 29 de março, foi divulgada a lista de vencedores do primeiro Brazil Manga Awards, o concurso nacional de quadrinhos, em estilo mangá, promovido pela editora JBC. A editora, em release, assim afirma: “Em uma atitude inovadora, a JBC decidiu dar um incentivo ao mercado nacional de quadrinhos, dando uma chance para novos talentos mostrarem seus trabalhos e, no caso dos vencedores, até serem publicados”.


Foram 185 inscrições válidas. Destas inscrições, os 5 primeiros conseguiram a edição de seu trabalho, em antologia, pela editora JBC. Esta antologia será lançada até o final de 2014. Os candidatos que conseguiram ficar de 6º a 12º lugar receberão uma menção honrosa no site do concurso. Ainda sem uma confirmação, ao que tudo indica, todos os aprovados terão seus trabalhos divulgados em formato online no site acima.


Este concurso possui um grande diferencial, “uma parceria firmada entre a JBC e o Consulado Japonês, permitindo que todos que se inscrevessem no BMA pudessem optar por também terem seus trabalhos enviados para o International Manga Award, prêmio realizado anualmente pelo governo japonês”. Com isso, 113 candidatos optaram pela pré-inscrição também na competição promovida pelo governo japonês.


Com as informações obtidas, pode-se traçar o perfil do participante, com dados geográficos, sociais e, também, de estilo dos participantes. Nota-se uma predominância de estilo e de região. Assim relata o release:

 “Apesar dos competidores serem majoritariamente da região sudeste, com pouco mais de 60% do total, os inscritos das regiões sul, centro-oeste e nordeste, atingiram certa paridade, se alinhando na faixa dos 10%, com 15,1% para nordeste, 12,41% para o sul e 8,1% no centro-oeste. A região norte aparece um tanto abaixo das demais, com apenas 2,2%. Um dado interessante é que a maior parte dos participantes é do sexo masculino e tem uma idade média de 25 anos. Apesar do tema livre, grande parte das histórias recebidas foi voltada para temas de ação e aventura. Ao mesmo tempo, isso não impediu a chegada de muitas histórias de comédia, romance e alguns trabalhos de drama”.


Isso me alegra, pois, quem sabe, veremos estes nomes brilhando internacionalmente, assim como o nipo-brasileiro Yu Kamiya (No Game, no Life). Então, sem mais delongas, aqui estão os vencedores do Primeiro Brazil Manga Awards. Imagens cedidas pela Editora JBC para divulgação na imprensa.


Starmind - de Daniel Guimarães Assunção Bretas Ferreira e Ricardo Yoshio Okama Tokumoto;



Entre monstros e deuses – de Pedro Leonelli e Dharílya Sales Rodrigues;




Fábula - de Ivys Danillo Jayme Portela e Breno Fonseca;




Quack - de Carlos Antunes Siqueira Júnior;




Crishno: O Escolhido - de Francis Angelo Sbalqueiro Ortolan e Lielson Zeni.



_____________________________________________

Sobre a JBC:


A Editora JBC é especializada na difusão da cultura japonesa no Brasil e é uma das maiores editoras de mangá no país. Entre os mais de 60 títulos que publicamos desde o ano 2000 estão grandes sucessos como Samurai X, Sakura Card Captors, Yuyu Hakusho, Ranma 1/2 e Death Note.