terça-feira, 8 de maio de 2012

Poesia: Casa e Família






Uma casa é símbolo de construção,
Construção não apenas de paredes e tetos,
Tetos que irão abrigar uma família,
Família que representa a verdadeira ideia de casa.


Casa é um lugar acolhedor,
Acolhedor por ter amor,
Amor que nunca poderá ser esquecido,
Esquecido nunca será, mesmo que as paredes venham abaixo.


A verdadeira casa, símbolo de uma construção, é a união familiar,
União Familiar que torna qualquer lugar um teto acolhedor,
Acolhedor, pois há a alegria da família. Os risos eternos.
Eternos, risos que não se apagam nem mesmo com a dor.


Casa é isso, uma construção simbólica de união familiar.




COTIDIANO


    A poesia acima é feita da seguinte maneira: a última palavra de cada verso retorna como primeira palavra do verso seguinte. De uma estrofe a outra não há a necessidade de repetir a última palavra, mas pode-se repetir se quiser. O último verso é solitário e sintetiza todo o sentimento da poesia. Pode-se usar rimas, mas considero que a poesia assim fica muito poluída. Experimentei isso com o que considero ser a real definição de CASA. E, sim, uso sempre imagens de animês, pois considero que ilustram muito bem os sentimentos de meus textos! :)