terça-feira, 24 de abril de 2012

Poema: O vazio torna-se a inspiração!






Procuro algo que me inspire, que realize a motivação,
Difíceis letras, alma separada da mente e do coração,
Vazio estou para escrever,
O que dizer quando as palavras não te respondem? O que dizer?


É um momento no qual o escritor não produz,
Nada o seduz!
Não há luz!
Tal qual ouro que não reluz!


Mesmo nesse breu de criatividade,
Não se deve parar a atividade,
Torne o vazio de sentimento em palavras de expressão,
Faça disso sua inspiração.


As palavras saem lentas e preguiçosas,
Mas já formam um texto com lições prazerosas,
De inspiração, teimosia e persistência,
No momento em que a criatividade dá um pulo, uma latência.


Mesmo sem ter o que escrever,
O poema consegue sobreviver,
Se o poeta conseguir achar,
Inspiração no nada, no simples procurar.



COTIDIANO


    Estou escrevendo isso no domingo, mas vou programar o blog para atualizar com este texto somente na terça-feira. Como viram, foi um domingo sem muita inspiração, mas eu precisava atualizar e adiantar algumas tarefas, pois esta semana será tão cheia de atividades quanto a semana passada. Como não tenho a intenção de deixar o site parado como antes, resolvi programar várias atualizações. Espero que gostem desse texto!