sexta-feira, 18 de março de 2011

Líbia! Conflito mata civis!



Todos sabemos da resolução da ONU para a defesa dos civis. Leia no Correio Braziliense. O trabalho da Cruz Vermelha continua intenso, apesar da remoção de seus colaboradores para outra cidade. Para ter uma sensação do que está acontecendo lá, clique na Cruz Vermelha e veja a matéria escrita.

Sonhar Acordado!

Uma amiga minha me mandou este link, para esta organização internacional. Sonhar Acordado! Clique para conhecer!

quarta-feira, 16 de março de 2011

Cuidado com golpistas!

Infelizmente, existem certos tipos de pessoas que tentam lucrar em cima de tragédias, dando golpes. UOL (clique) nos dá dicas de como se prevenir e quais os golpes mais comuns relacionados à tragédia do Japão. Por iso eu aconselho, se forem doar, doem para Cruz Vermelha, ou entidades que representem o Japão no Brasil. Requentando uma informação antiga: quando liguei para o Consulado do Japão, em Brasília, eles me informaram que o governo ainda não havia autorizado a remessa de doações em comidas para o Japão, pois não há onde estocar. Por isso, cuidado mesmo com os malandros. Se informem em sites confiáveis, como o site Made in Japan (Editora JBC). No site existe um streaming para programas ao vivo.

 

Cruz Vermelha do Brasil abre conta em banco para receber doações. Leia a Folha!!

terça-feira, 15 de março de 2011

Paraná!


Além do Japão, nossos irmãos do Paraná também necessitam de ajuda devido as chuvas.


    Segundo o site do Estado do Paraná, " governador Beto Richa decretou na manhã desta terça-feira (15.03) estado de calamidade pública para os municípios de Morretes e Antonina. A medida do Governo do Estado foi adotada para que sejam agilizadas as liberações de recursos para atendimento emergenciais nas duas cidades."


  O site da Defesa Civil do Paraná nos traz os números desta tragédia brasileira e, no fim da página, como proceder para ajudar. Caso achem pesado os números da página da Coordenadoria Estradual de Defesa Civil do Paraná, eu transcervo aqui o que o site pede para ajudar e como proceder.


"Campanha de socorro às vitimas das enchentes no litoral.

Doações de roupas e alimentos: Rede Big, Mercadorama, Condor e Mufatto e Quartéis do Corpo de Bombeiros.

Doações de colchões: barracão da Defesa Civil – Rua Sergipe, 1712 - Vila Guaíra - Curitiba/PR

Coordenadoria Estadual de Defesa Civil - Paraná."


 

     Ainda não consegui descobrir como ajudar o Paraná sem estar na região.

Um pouco mais sobre o Japão!


     Ainda sobre a tragédia no Japão, estou tentando descobrir meios para o envio de roupas e comida, mas está difícil. Entrei em contato com o Consulado do Japão, em Brasília, e eles disseram que o governo ainda não autorizou o envio de doações, por não ter estrutura para armazenar o que for recebido. Vale, então, a ajuda da Cruz Vermelha e das entidades nipo-brasileiras divulgada no post abaixo, pela editora  JBC.

segunda-feira, 14 de março de 2011

Mais considerações sobre como ajudar- Japão.



Muito está sendo dito, muito está sendo escrito e isso é bom. Vou reunir, neste post, links que esclarecem situações e contribuem positivamente para ajudar os que necessitam.

Denys, do Gyaboo, fez um resumo da tragédia e contribui com links para doações. Uma matéria fantástica e informativa. Leiam.

Está faltando alimento e bebida para 450 mil pessoas somente em Miyagi.  Matéria do Correio Braziliense. A matéria peca por não informar como se pode contribuir.

Alexandre Nagado desabafa sobre a situação dos ditos "piadistas". Piada sobre isso é fazer piada do sofrimento. Não tem graça e ofende! Por isso, concordo com o Nagado!

Bom, como não adianta ficar apenas divulgando matérias, eu também vou colaborar financeiramente. Vou juntar comida e roupas e vou pesquisar quem, em Brasília, pode enviar ao Japão. Conseguindo isto, vou divulgar aqui.

(Atualização: 14/03/11 às 22h14)

A editora JBC, através de seu site e jornal Made In Japan, informa que representantes de 5 entidades nipo-brasileiras se uniram para criar um projeto de ajuda ao Japão. Colabore, se puder!

domingo, 13 de março de 2011

Proteção aos animais!

Proteção aos animais está ganhando mais espaço em nossa sociedade, mas ainda engatinha e falta recursos. A iniciativa de São Paulo mostra que o Estado está receptivo, mas precisa melhorar um tiquinho.

Notícia do UOL. Delegacia de proteção aos animais completa um ano e ganha nova estrutura.

Para quem não conhece a lei, aqui está um link com informações a respeito: Adote Um amigo.