quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Poema: Uma rosa é símbolo de força!

Uma rosa é um símbolo,

Símbolo de sentimentos e fragilidade,

Fragilidade com a qual não concordo,

Concordo com os espinhos e com a tenacidade!

 

Tenacidade, pois como semente recai em qualquer solo,

Solo árido, ou desértico, cimento ou pedra, ela floresce,

Floresce forte e nos brinda com seu encanto,

Encanto que é o verdadeiro símbolo.

 

Símbolo de vida que supera o mais árduo terreno,

Terreno derrotado que vê tal encanto crescer,

Crescer forte, bela e cheirosa.

Cheirosa como uma princesa.

 

Princesa, este é o símbolo da vida,

Vida que supera tudo e vence,

Vence graciosamente, um verdadeiro símbolo,

Símbolo de que a vida sempre florescerá, vencerá, não importa o solo!

 

COTIDIANO

 

Eu esqueço o nome desse tipo de arquitetura poética, de construção de poemas. Quem souber o nome, e origem, me informe. Desde a época do UOL que eu faço essa pergunta, mas até agora não consegui me lembrar da resposta correta. Deve ser a idade! J A última palavra, de cada verso, repete como primeira palavra do verso seguinte! E esse poema foi inspirado em algo que vi, na Seicho-no-ie e que me fez refletir muito. Uma planta superou o concreto, além do muro de pedras, e cresceu ali, viva e forte. Naquele instante percebi que uma rosa não poderia nunca ser símbolo de fragilidade, mas de tenacidade! A imagem que ilustra este poema é semelhante a que vi no templo e melhor trabalhada, por isso a uso!