Pular para o conteúdo principal

Pizzaria Dom Bosco

 


 Foto: Correioweb.




Esta pizzaria começou em 1960, com uma lojinha que parecia um bar (botequim), sem cadeiras e com um único sabor de pizza: mozzarella, molho de tomate e orégano. Alguém pode pensar que não foi longe e que, hoje, seria apenas uma lembrança. Outros podem pensar que a pizzaria, que começou pequena, hoje, deve ser uma pizzaria gigantesca, com inúmeros sabores de pizza. Por incrível que pareça, ambos os pensamentos estão errados. Quem conhece administração sabe o quão difícil é uma loja se manter estável em seu padrão, após 50 anos, porém, a Pizza Dom Bosco continua a mesma em todos os quesitos, apesar de estar presente em outros endereços da cidade. Continua sendo uma loja pequena, sem cadeiras e com um único sabor de pizza, além, claro, de salgados, cervejas, sucos e refrigerantes. Como pode? Fui até a Dom Bosco original, na 107 sul, quando pequeno. Não queria definir padrões, ou descobrir segredos, queria apenas uma fatia de pizza para matar a fome. Lembrando hoje, lá estavam advogados, marceneiros, secretárias, policiais, servidores públicos e eu espremidos em um balcão apertado para experimentar um único sabor de pizza. Acho que esse é um segredo da pizzaria, a humildade de unir todas as classes e profissões por uma pizza. É uma espécie de democratização pela pizza! E o sabor? Posso definir de forma estranha, mas é o sabor (a sensação) que experimento quando ouço Legião Urbana. É o sabor do DF! Quando houve a passeata dos “caras pintadas”, na época do Collor, estava eu com meu rosto pintado, gritando palavras de ordem e liberdade, em plena Esplanada dos Ministérios. Após intensa e tensa manifestação, eu fui com amigos comer uma pizza Dom Bosco e encontrei outros “caras pintadas” por lá. Naquele momento, parecia o sabor de nossa revolução. Quando soube que abririam uma Pizza Dom Bosco, no campus de minha faculdade, foi a glória que coroou os meus intervalos. Estava tudo ligado! A Pizza Dom Bosco é o sabor da revolução e da Legião! A Pizza Dom Bosco é isso, um sabor que não tem igual e define o DF em simples mordidas. Se vier a experimentar, peça sempre uma “dupla” que nada mais é do que duas fatias em forma de sanduíche. É inesquecível!


 


NOTA DEZ


Ontem foi aniversário do “Velho Lobo” Zagallo! Tetracampeão mundial que revolucionou o esporte com táticas e esquemas que são empregados ainda hoje, mas o que não dá para esquecer é a garra desse jogador e a paixão pela amarelinha. Como apoiava os jogadores e seu carinho. Parabéns, Zagallo! Nota DEZ!


 


NOTA ZERO


 


Corrupção nos Ministérios! O que há com nossa política? Ministérios sob investigação, secretários presos, políticos com dinheiro em cuecas e meias. Que vergonha! É ZERO!


 


CLIPES


 


A genial Banda Rubra com a música Ainda Existem Flores. A inesquecível Legião Urbana com a música Tempo Perdido. Acho que já coloquei esse clipe aqui, mas vale o repeteco. Um metal muito bom de uma das séries mais polêmicas já criadas- What’s Up People da série Death Note. Death Note me impressionou pela construção criativa e pelo desenrolar da trama, além de ter diálogos muito bem construídos! 











Legião Urbana!







Death Note





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Diego Rox e o Jardim das Borboletas

Diego Rox e o Jardim das Borboletas
Como sabem, sou inscrito do canal do Nando Moura, ou seja, sou um dos “bots” do canal. Sobre este assunto, está até engraçado. Vou escrever sobre isto antes de entrar no assunto. Os adversários que temem a verdade nos ofendem com termos que não condizem com nosso real comportamento. Ficou engraçado, porque, se juntarmos todas as ofensas em uma frase, eu acabo virando um “robô, com recurso de bot, nazista e fascista, que não gosta de odores fortes”, por isso, está engraçado ver esta situação. Fui reduzido a um robô Windows 10, que não gosta de pum.
Ao assunto. Através do vídeo do Nando, sobre o uso de bots, eu acabei conhecendo o canal do Diego Rox. Veja um vídeo abaixo. Ele parece ter uma agenda parecida com a do Nando Moura, isto é, ele é cristão, pois acredita em Deus e em Cristo, prega ação contra a corrupção, homenageia os verdadeiros heróis anônimos, é caridoso e defende a liberdade. Uma agenda que também me aproxima dele, por isso, hoje, esto…

Cavaleira ou Amazona? Veja a resposta!

Amazona ou Cavaleira?
    Em meu tempo de colégio, nas décadas de 80 e 90, nos foi ensinado que o feminino de cavaleiro seria amazona. Em uma prova, um colega marcou o feminino de cavaleiro sendo cavaleira e foi repreendido. Desta forma, fixei amazona como o feminino correto para o termo em questão, ou seja, mulher que anda a cavalo. Ao assistir Walkure Romanze, eu me deparei com a palavra cavaleira e me questionei. Inclusive, alertei-os para a forma que eu julgava correta, mas sem retorno positivo. Deste modo, fui pesquisar para ver se a expressão estaria correta.


    Nestas pesquisas, encontrei um professor que prontamente me respondeu a esta questão. O caso estava solucionado com uma bela lição que, agora, repasso a vocês. Com a palavra o professor Ari Riboldi.
    No meu tempo de estudante, no ensino primário e no ginásio, também se aprendia assim: cavaleiro (masc.), amazona (fem); cavalheiro (masc.), dama (fem.). No entanto, os dicionários registram o termo 'cavaleira' …

Será o Veredito?!

Canal Será o Veredito?!
Foi a primeira recomendação do Youtube que gostei de ter recebido. Sobre o canal: “O Direito tá na mídia! O Direito tá na moda! Um juiz de direito se torna celebridade nacional. Tribunais transmitem suas sessões ao vivo pela televisão. Os meios de comunicação não se cansam de veicular notícias jurídicas. Mas, o mundo jurídico possui formalidades que dificultam a compreensão dos seus temas pelo cidadão que não tem formação no direito. Muito se fala; pouco se explica. Por isso surgiu o "Será o Veredito!?". Um canal que traz informações sobre o direito com uma linguagem simples, clara e objetiva.”



O primeiro vídeo que vi desse canal foi uma resposta ao Bugalho. Uma resposta baseada em livros, mostrando a fonte de seu conhecimento e minando, com ótimos argumentos, a posição de seu opositor. Todos os vídeos que assisti foram assim, com a fonte de leitura em mãos. Ele já se disse de centro-direita, o que o faz ser um aliado natural da liberdade e da proprie…